PT  |  EN

INTERNET

Com a optimização dos cabos existentes e a ligação ao WACS, Angola passa a ser auto-suficiente a nível de ligações internacionais, tanto a nível de banda larga como também de comunicações de voz:

  • Ter largura de banda à medida das suas necessidades;
  • Aceder directamente ao IXP nacional;
  • Aceder com qualidade e rapidez aos grandes provedores de internet do mundo;
  • Aceder directamente ao provedor de conteúdo;
  • Ter velocidades de acesso à Internet semelhantes às praticadas nos mercados internacionais.